segunda-feira, 28 de abril de 2014

Criando eventos, marcando encontros.

As críticas sobre o uso excessivo das tecnologias da informação e da comunicação -celulares, internet, redes sociais, whatsapp , MSN... não é novidade: as pessoas não conversam mais umas com as outras no mundo real, mal se olham, não se encontram. Vivem num mundo à parte. Sim, é verdade. O mundo que cada um criou para si, um mundo melhor : "mais amigos", "mais alegrias", "menos violência". O mundo do Avatar, do Matrix, dos sonhos. 
E mais uma vez imitamos o cinema que imita a vida. A necessidade pelo mundo virtual brota dos limites aparentemente impostos pelo mundo real. Sim, aparentemente, pois estes dois mundos resultam da criação humana, logo, os limites são colocados por nós mesmos.

No entanto, tenho observado que há um movimento contrário acontecendo em várias partes do mundo e com força e êxito. Não é contrário ao uso das tecnologias, mas um movimento a favor do "encontro real" -no aqui e no agora, olho no olho, mão na mão, ao vivo e em cores. Já ouviram falar dos restaurantes "slow food"? Isso mesmo! Sem pressa para saborear os alimentos. E aqueles que indicam: "no wi-fi", sugerindo que os clientes conversem entre si? 

E o movimento chamado "simplicidade voluntária, por uma vida menos complicada", propondo se viver com "menos coisas", "mais tempo", "mais liberdade" e "mais vida"? Já ouviu falar?
Tem ainda o resgate do Sarau -pessoas reunidas em casa ou salas de museu para ouvir música, poesia, falar de arte. Resgate do estar junto com amigos, família em lugares aconchegantes alimentando-se de conhecimento.

Há dois anos, numa mesa de restaurante, fiz uma proposta a um amigo: "vamos criar alguns eventos para 'agitar' esta casa?" E ele deu-me carta branca. Nasceu, assim, o Café & Brioche com Sabor de Saber, um café da tarde servido em mesas coletivas, a fim de proporcionar o encontro entre as pessoas, acompanhado de uma palestra sobre temas variados: filosofia, criatividade, arte, história, viagens, psicologia...

Mario Seguso - Fundador da Cristais Cad'Oro.
Falou sobre seu livro "Admiráveis Italianos de Poços de Caldas"
Lurdinha Camilo, Editora do Jornal Brand News.
Apresentou-nos o tema "A arte de conhecer o mundo - viagens interessantes"

Voltando ao uso da tecnologia, defendo a ideia de que  todos esses movimentos surgem, se proliferam e se mantém graças ao uso dessa tal tecnologia. Lembram-se da propaganda que mostrava uma baleia encalhada na praia e por meio de uma foto enviada por torpedo as pessoas se reuniram para salvá-la? Pois é, é isso mesmo. Estes instrumentos podem nos ajudar a criar os "encontros reais" e depois contar para o mundo como foi a experiência. 


São várias as cidades que oferecem eventos, especialmente nos finais de semana, que promovem 'encontros' de grupos diversos para atividades diversas: bicicleta, caminhada, corridas, gastronomia, arte...

Sábado, 29 de março, pulo da cama  às sete da manhã. Compromisso? Yoga no Parque com a amiga e instrutora Ana Paula Siqueira -Estudio YogaAnanda. Conhecer outras pessoas, praticar exercícios físicos e depois piquenique e bom papo! 




Ana Paula Siqueira - Yoga no Parque, aos sábados, uma vez por mês

Como sugere Roman Krznaric em seu livro "Sobre a Arte de Viver - Lições da história para uma vida melhor", crie seus eventos,  momentos de encontro. Então, que tal um novo hábito: deixarmos os celulares de lado na hora de comer e encontrar os amigos, usá-los apenas para registrar o encontro ou agendar um próximo? Vale a pena relembrar: as máquinas foram criadas para nos servir e não o contrário, certo?

Guia:


Filmes: Avatar - Direção: James Cameron - 2011;  
           Matrix - Direção :Andy Wachowski e Lana Wachowski - 1999  
           A origem - Direção: Christopher Nolan - 2010

Movimento Simplicidade Voluntária, sugiro a leitura da entrevista com Vicki Robin para a Revista Época em : http://cacadoresdebonsexemplos.com.br/blog/movimento-simplicidade-voluntaria/

Sarau em casa
- https://www.facebook.com/sarauemcasa


Café & Brioche com sabor de Saber - Restaurante Olivia Sabores e Eventos - Avenida João Pinheiro, 1135,  Poços de Caldas 

Estúdio YogaAnanda - http://www.estudioyogaananda.com.br/



Nos vemos por aí, ok?

Com carinho, 

Angela Caruso


3 comentários:

  1. Adorei o texto Ângela!

    E é isso mesmo, a ideia do Yoga no parque é para reunir amigos, antigos e novos, é compartilhar, conviver, conversar e praticar em meio a natureza!

    Que essa ideia se espalhe por mais cidades!

    Namaskar

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou Ana!
      Vamos anunciar o próximo?

      Excluir
  2. mas assim me matam de inveja rsrsrsr inveja boa...mas inveja kkkkkkkkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir