terça-feira, 11 de junho de 2019

Mais flor, por favor!




'Flores são flores
Colhidas sem dó
Por alguém que ama
E não quer ficar só.'
Cazuza


As flores não estão na natureza por mero acaso. Certamente uma de suas tarefas é a de fazer brilhar os olhos, bater forte o coração, encher os pulmões de ar fresco e perfumado... Enfim, colorir as nossas vidas e fazer dos nossos espaços de convívio lugares felizes!

Quando escolhi o nome para este blog, pensei nos três lugares que gosto de estar e de receber em minha casa. Um deles é o jardim: o lugar mais colorido e perfumado da propriedade. É de lá que vem as ervas para a cozinha e as flores para dentro da casa criando uma extensão do que naturalmente cresce lá fora, principalmente para dar o toque especial que minhas mesas e convidados merecem.

E por falar em 'Flores em Casa',  a  Villa Presentes se encheu de cores, perfumes e gente bonita na última sexta feira para um workshop super animado com o designer Eduard Guilherme, da Pope empresa de eventos sediada na capital paulista.

Aquilo que parece complicado quando o assunto é escolher flores e montar arranjos, tornou-se muito simples pelas mãos, olhar e as dicas de Edward, que tomo a liberdade de socializar algumas delas com vocês:

    1. Passeie por sua sala, cozinha e descubra todos os recipientes que podem ser apoio para seus arranjos. Dê  outras funções para os objetos. De um cálice a um cooler, tudo pode virar um 'vaso'. Mas, se nada lhe agradar, passe na Villa que lá tem!

    2. Sabe aquelas garrafas que você fica com o maior dó de jogar fora, mas que ficam entulhando sua área de serviço? Transforme-a num vaso para uma mesinha num canto da casa ou mesmo para decorar a mesa de um jantar.

   3. Só flores? Não! Use frutas, velas, fitas e folhagens para montar seu arranjo. Tudo junto e misturado ou em recipientes diferentes. O que vale é a composição. Brinque com cores e formas.

   4. Flores são caras? Hum! Que tal uma voltinha no seu jardim,  no terreno vazio na sua rua ou ainda um passeio na chácara da amiga para cortar algumas folhagens? Tem pena de cortar? Aprendi com uma amiga que se você pedir licença e mantê-la em água limpa e fresca vai ficar feliz e até criar raízes para ser replantada depois.

  5.  Só tem plantas permanentes na sua casa? Misture com flores  naturais, vai ficar um show! Só flores plantadas? Leve o vaso para a mesa! Não há desculpas para não ter uma mesa decorada com plantas.

 6. O lavabo também merece um arranjinho especialmente quando vai receber visitas, ok?

Para não se perder na hora de montar seus arranjos, vale a pena ter seu próprio um kit  em casa. Arrume numa caixa ou maleta: tesoura (se puder ser daquelas especificas para corte de plantas, melhor ainda), faca, arames finos, fitas de várias cores, pedaços de espuma floral, velas e palitos para churrasco. Pronto! Surgindo a necessidade, você terá tudo na mão e bem organizado.

Monte seu kit arranjo de flores
Escolha flores de cores e formatos diferentes
Basta uma haste de lírio numa garrafa
e você tem um arranjo

As astromélias exitem pouco.
Dê seu toque  de acordo com o recipiente escolhido
Tudo junto e misturado!
Observe que as folhas também
podem ser usadas também para esconder os caules.

Observem que ele usou folhagens de cores e formatos diferentes
em vasos de diversos tamanhos 

O que dizer destas laranjinhas?


As mesas flores em vasos diferentes (acima e abaixo)


A costela de Adão fez parte deste arranjo que ficou incrível na mesa do bolo


A imagem pode conter: planta
Cores vibrante!
Vale acrescentar uma vela.

Acrescente um avental no seu kit. Este, assinado por Edward,
foi um presente exclusivo aos participantes do workshop
Lurdinha Camilo, fez dupla comigo
para o desafio de montar um mini arranjo.
Quer companhia melhor?

Edward Guilherme e Keriman (Villa Presentes)
uma dupla cheia de simpatia e boas energias!

Uma manhã repleta de coisas boas!
Que venham outros momentos como este!!!


 GUIA:

Fale com Edward Guilherme:
POPE
Rocha, 119. RoofTop 1101.
Bela Vista. SP. 01330-000.
+55 11 97027.9733
contato@popeventos.com.br



Villa Presentes
Rua Maranhão, 342 - Poços de Caldas, MG



Muita flor e cor, por favor!

Com carinho,

Angela Caruso


domingo, 20 de janeiro de 2019

Planejar para receber



"A missa se espera na igreja!" Repetia meu pai sempre que nos apressava para um compromisso. Ele me ensinou a evitar que os outros nos esperem e a esperar com tudo pronto e arrumado. Procuro ser o mais pontual possível quando marco um horário com alguém. Mas me descabelo, se preciso for, quando abro a casa para receber e tirar nota máxima na segunda lição.

Planejar uma recepção, que seja para um cafezinho com horário programado, faz com que possamos dar muito mais atenção aos convidados e curtir o momento, do que nos preocuparmos com preparativos.

Outro dia, numa reunião de trabalho, ouvi meu irmão mais velho dizer: 'Sou um planejador!'. Fiquei surpresa, porque acabava de descobrir mais um ponto em comum entre nós. Acho que no fundo é fruto da educação que recebemos: a missa que se espera na igreja... e outras tantas lições. No entanto, somado a isso, minha primeira formação universitária foi em Pedagogia e uma das habilidades mais desenvolvidas no curso é planejamento. Assim, sou uma planejadora daquelas que faz lista para tudo com cronograma e mapeamento do percurso das ações. Tenho um caderno com os registros de cada  evento realizado aqui em casa: convidados, cardápio, louça a ser usada, toalhas, flores... etc, etc, etc. Achava que era um pouco demais até conhecer o caderno de anotações para a organização dos banquetes de Ema Klabin, com o mapa dos assentos de cada convidados e do homenageado da ocasião. Fantástico! Vale a pena conhecer (aqui).

Assim sendo, resolvi fazer este post como uma orientação para auxiliar os novatos na arte de receber ou aqueles que se veem atrapalhados com tudo. Mas, lembre-se: faça as adequações segundo seu contexto, sua realidade.

Para facilitar vou usar como exemplo o almoço que organizei para receber amigas do tempo de colégio. Voltamos a ter contato recentemente, depois de quase 40 anos, desde que nos formamos em 1979 e seguimos nossas vidas de adultas. Elas aceitaram meu convite e saíram de São Paulo para passar um sábado comigo em Poços de Caldas.

O convite foi feito e aceito com duas semanas de antecedência e, a partir de então, iniciei a programação do evento:

Duas semanas antes:

1.escolhi o cardápio do almoço:
  •  entrada: saladinha com de mini folhas servidas individualmente (veja aqui)
  •  prato principal: lasanha ao sugo -optei por um prato único e que eu pudesse deixar pronto na geladeira dois dias antes para ter mais tempo para ficar com as amigas.
  •  sobremesa: tortinhas de maçã com sorvete de creme
  •  bebidas: suco de polpa de graviola, água flavorizada e vinho
2. resolvi o que fazer como lembrancinha desta data
3. o convite era para um almoço servido no jardim, o que significa que seria mais informal, bastava que não tivesse chovendo

Na semana: 

Terça- feira:  1. Comprei os tomates e enquanto preparava o almoço, fiz  o molho que ficou guardado na geladeira em pote hermeticamente fechado
                     2. Congelei a manteiga para fazer a massa das tortinhas
                     3. Plantei suculentas em vasinhos para as lembrancinhas

Quarta- feira: 1. Preparei a massa das tortinhas e deixei na geladeira
                       2. Encomendei as verduras para a salada (Hortah)

Quinta- feira: 1. Comprei os ingredientes para a lasanha e aperitivos. Como não encontrei a massa que queria, convoquei o marido e após o jantar, colocamos a 'mão na massa': preparamos nosso próprio macarrão.


                      2. Montei a lasanha que ficou na geladeira até 30 minutos antes de ir para o forno no sábado.

Sexta-feira: 1. Montei e assei as tortinhas para a sobremesa
                    2. Fiz um bolo para o cafezinho antes da despedida
                    3. Decorei os vasinhos da lembrancinhas e coloquei os cartões
             4. Separei a toalha de mesa, sousplat, guardanapos, copos, louça, talheres, vidros para decoração da mesa
                    5. Organizei o lavabo

                 
Sábado: 1. Lavei as verduras e montei as saladinhas que ficaram na geladeira até serem servidas


           2. Cortei cenouras em palitos para aperitivos e separei o restante dos ingredientes a serem servidos logo que as convidadas chegassem
              3. Montei os arranjos para a decoração da mesa com flores e ervas do meu jardim em vidros
de tamanhos e formatos diferentes. Afinal, o lema deste blog é "Faça o melhor com o que tiver onde estiver" (Theodore Roosevelt 1858-1919).

           
            4. Montei a mesa no jardim e organizei o espaço para o aperitivo


              5. Preparei uma jarra de água flavorizada e coloquei o vinho para gelar
              6. Deixei a cozinha em ordem
              7. Fui me arrumar!

Quando as convidadas chegaram estava tudo pronto esperando por elas!
O planejamento me auxiliou a dividir as tarefas ao longo da semana e prever possíveis imprevistos. Imaginem se eu deixasse para comprar a massa de lasanha na sexta feira após horário comercial?
Liguei o forno e coloquei a massa para gratinar uns 15 minutos antes de servir. Enquanto isso, ralei o queijo.

Detalhes da mesa: as lembrancinhas fizeram parte da decoração.
Os anfitriões ocuparam as pontas da mesa com pratos diferentes,
guardanapo com o desenho do verso da dobra e um ramo de lavanda 



Um brinde a amizade!
                     
Quarenta anos é tempo suficiente para conquistar uma profissão, viajar pelo mundo, constituir família, ter filhos e netos. Muita coisa aconteceu a cada uma e o melhor foi descobrir que os valores com os quais fomos educadas por nossos professores em consonância com nossos pais, nos tornaram  mulheres fortes e bem sucedidas, do bem e para o bem!

Quanto ao planejamento, se houver dúvidas ou precisar de uma assessoria, mande um alô que estarei aqui para auxiliar.

Com carinho,
Angela Caruso